sexta-feira, 3 de abril de 2015

Eli, o bebé que nasceu sem nariz


Uma das fotos de Eli ainda no hospital que fazem parte do facebook onde os pais contam a sua história Fotografia © Facebook

Bebé nasceu a 4 de março no Alabama, Estados Unidos. Sobre de uma doença rara conhecida por arhinia congénita completa, que atinge uma criança em cada 197 milhões de nascimentos

Nasceu às 37 semanas de gestação no dia 4 de março, no Alabama, Estados Unidos. Depois de quase um mês no hospital Eli Thompson foi finalmente para casa a 30 de março. Eli é um bebé especial. Nasceu sem nariz, fruto de uma doença rara chamada arhinia congénita completa.

Os primeiros dias de vida de Eli, conta o jornal espanhol ABC, foram passados na unidade de cuidados intensivos neonatais do hospital USA Children's and Women's Hospital's. Durante a noite, a mãe Brandi McGlathery ligava para os serviços a cada 45 minutos para saber se o filho estava bem, com medo que não sobrevivesse à primeira noite. Eli resistiu e cinco dias depois de ter nascido foi sujeito a uma traqueostomia - uma operação que abre um orifício na traqueia - que o ajudou a respirar melhor. Mas por causa disso, deixou de emitir sons, obrigando os pais a vê-lo constantemente para garantirem que está bem.

Além de ter nascido sem nariz, Eli também não tem os canais nasais e sistema olfativo. A mesma doença causa afeta a glândula responsável pelas hormonas do crescimento. Eli tem uma página no facebook, onde os pais contam a sua história e angariam fundos para quando for mais velho poder ser operado para reconstruir os canais nasais. Enquanto esse dia não chega, é simplesmente o centro das atenções dos pais, Troy e Brandi McGlathery, como acontece a todos os bebés. "Ele está bem e para mim é perfeito como é", disse a mãe.