sábado, 31 de maio de 2014

SpaceX apresenta nave para levar astronautas


A empresa norte-americana SpaceX apresentou hoje a Dragon V2, nave criada para que a NASA possa voltar a transportar astronautas para a Estação Espacial Internacional (EEI) a partir de território nacional e sem depender das Soyuz russas.

As caraterísticas da nave foram reveladas durante uma apresentação na sede da empresa de Elon Musk, em Hawthorne, em Los Angeles.

Desde a retirada do vaivém espacial norte-americano Atlantis em julho de 2011, a NASA ficou totalmente dependente da Rússia para transportar astronautas para a estação, através da cápsula e sistema de lançamento Soyuz.

Cada vez que um dos seus astronautas viaja numa Soyuz, os Estados Unidos pagam 71 milhões de dólares (53,6 milhões de euros) a Moscovo.

Para acabar com a dependência, os Estados Unidos pretendem que, a partir de 2017, os seus astronautas possam viajar nas novas naves espaciais fabricadas no país por empresas privadas como a SpaceX.

A Dragon V2 tem capacidade para transportar um máximo de sete astronautas, tendo sido descrita pelo magnata Elon Musk, como "um grande salto tecnológico".

A Rússia não tem intenção de prolongar o uso da EEI depois de 2020, a data acordada com a NASA e com a europeia ESA, e já deu a entender que pode recusar o pedido de Washington para alargar a longevidade da EEI por um período de mais quatro anos.

A NASA cortou os laços com a Rússia no mês passado devido à crise na Ucrânia, sendo que a única exceção a esse corte de relações é a cooperação a bordo da EEI.

A Estação Espacial Internacional, que orbita uma distância de entre 335 e 460 quilómetros da Terra, é um projeto de mais de 100.000 milhões de dólares em que participam 16 países.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...