quinta-feira, 9 de abril de 2015

Dor de garganta era afinal uma sanguessuga

View image on Twitter

Um rapaz de 11 anos, na China, entrou nas urgências hospitalares a queixar-se de dores de garganta e desmaios. Os médicos retiraram-lhe da garganta uma sanguessuga de sete centímetros.

Chen Xiaobo de 11 anos não ganhou para o susto: começou a sentir um formigueiro na garganta, depois dores, tonturas e vertigens. A mãe pensou que fosse gripe e medicou-o mas o rapaz piorou e acabou por ir ao hospital. Após um raio-X ao tórax os médicos descobriram que Chen Xiaobo tinha uma sanguessuga de sete centímetros alojada na garganta. Sempre que ela se mexia bloqueava as vias respiratórias do rapaz e era por isso que ele desmaiava.

"Felizmente, o animal não causou uma infeção. Fomos capazes de extraí-lo sem quaisquer complicações e o rapaz já se sente muito melhor", assegurou à edição de segunda-feira do jornal "Mirror" o porta-voz do hospital na província de Sichuan, na China.

Semanas antes dos primeiros sintomas, Chen Xiaobo bebeu água de uma lagoa, quando regressava da escola a caminho de casa. Os médicos concluíram que o rapaz terá, nessa altura, engolido larvas de sanguessuga, tendo uma sobrevivido e crescido no seu sistema respiratório.