terça-feira, 16 de junho de 2015

Sismo no Nepal "empurrou" Monte Evereste para sudoeste


Fotografia © REUTERS / 6summitschallenge.com
 
O sismo de abril reverteu o movimento gradual da montanha para nordeste.

O pico mais alto do mundo, o Monte Evereste, moveu-se três centímetros para sudoeste devido ao sismo no Nepal que devastou o país em abril, escreve o jornal oficial chinês China Daily.

O sismo de magnitude 7,8 reverteu o movimento gradual da montanha para nordeste, de acordo com o jornal, que cita a Administração Nacional de Topografia, Cartografia e Geoinformação.

Antes do sismo, o Evereste já se tinha movido 40 centímetros para noroeste na última década, à velocidade de quatro centímetros por ano. A montanha também se elevou três centímetros no mesmo período de tempo.

Dois sismos, a 25 de abril e 12 de maio, mataram mais de 8700 pessoas no Nepal, gerando deslizamentos de terras e destruindo meio milhão de casas.

No entanto, o segundo abalo, de magnitude 7,3, não moveu a montanha, informa o China Daily.