segunda-feira, 22 de junho de 2015

Agência Espacial Europeia detectou actividade vulcânica em Vénus

Agência Espacial Europeia detectou actividade vulcânica em Vénus

A nave Vénus Express, da Agência Espacial Europeia (AEE), detectou a presença de actividade vulcânica no planeta vizinho da Terra, depois de oito anos de observações.

Alguns modelos de evolução planetária sugerem que Vénus gerou uma superfície nova depois de uma inundação cataclísmica de lava há 500 milhões de anos.

A espessura da atmosfera de Vénus impede de ver a superfície do planeta, mas as missões de radar revelaram que o planeta está coberto com vulcões e antigas línguas de lava, segundo explicou hoje a AEE. 

A nave, que concluiu o ano passado as suas observações, realizou uma série de medidas em diferentes comprimentos de onda para esclarecer a questão.

As investigações revelam que Vénus é "quase do tamanho da Terra e tem uma composição semelhante", assim a AEE considera provável que tenha uma fonte de calor interna e, por isso, as erupções vulcânicas.

Segundo a agência europeia, alguns modelos de evolução planetária sugerem que Vénus gerou uma superfície nova depois de uma inundação cataclísmica de lava há 500 milhões de anos.

O chefe científico da Vénus Express, Hakan Svedhem, disse estar satisfeito que Vénus seja incluída no "selecto clube de corpos do sistema solar com actividade vulcânica".

fonte: Sol