quarta-feira, 17 de junho de 2015

Elefante mata homem em praia da Tailândia


Vítima ficou gravemente ferida e faleceu no hospital; guia e tratador foi acusado de violar a lei de bem-estar animal e de negligência criminal

Um elefante matou um homem de 28 anos e feriu outro durante um jantar numa praia da cidade de Rayong, lesta da Tailândia, anunciou a polícia local.

A vítima, um funcionário de uma empresa de telecomunicações, ficou gravemente ferida na segunda-feira e faleceu na terça-feira no hospital. A outra vítima segue hospitalizada, mas sua vida não corre perigo.

"Os dois homens estavam conversando com o guia do elefante sobre a alimentação do animal quando, de repente, o paquiderme se enfureceu a atingiu mortalmente o peito de um deles e pisou em outro", disse à AFP Thawat Nongsingha, comandante da polícia.

O guia e tratador foi acusado de violar a lei de bem-estar animal e de negligência criminal. Ele pode ser condenado a 10 anos de prisão.

A Tailândia tem quase 4 mil elefantes domesticados, um número superior ao de animais selvagens, que não superam 2.500.

A captura de elefantes selvagens é proibida na Tailândia.

fonte: Band