sábado, 27 de junho de 2015

Morte em massa de baleias intriga cientistas

Morte em massa de baleias intriga cientistas

National Oceanic and Atmospheric Administration

Pelo menos dez baleias apareceram mortas no Alaska. Na mesma zona, com diferença de poucos dias e sem sinais de ferimentos. Cientistas procuram respostas.

As dez baleias têm sido encontradas mortas em águas do Alasca, nas últimas semanas, entre a ilha Kodiak, na costa sul do Alasca continental, e a Passagem de Unimak, no extremo leste das ilhas Aleutas.

Até agora os cientistas não conseguiram encontrar uma explicação oficial para a morte em massa deste animal, ameaçado de extinção.

A University of Alaska Fairbanks lidera a pesquisa, que junta diversos investigadores.

Um deles avançou que a responsabilidade será de uma toxina.

Das dez baleias, oito são da mesma espécie, a baleia-comum (baleia-fin), o segundo maior mamífero do mundo, e não tinham sinais de ferimentos.

O normal, nesta zona, é encontrar uma baleia morta de dois em dois anos.

fonte: TSF