sábado, 27 de junho de 2015

Patente da Disney pode explicar como funciona o dróide BB-8


Os dois trailers do novo filme da saga Star Wars lançados até ao momento deram a conhecer, muito vagamente, um pequeno dróide redondo, que deverá assumir a mesma importância e protagonismo conquistados por R2-D2 nos filmes anteriores.

O simpático dróide BB-8 que podemos ver nos trailers de Star Wars: O Despertar da Força tem a forma de uma bola e um corpo giratório, ao mesmo tempo que a sua cabeça se consegue manter parada e direita. Já foi revelado que este personagem não é um mero efeito gráfico criado em computador, é um robô controlado por um telecomando.

Uma dupla de designers fãs de Star Wars descobriu uma patente registada pela Disney em 2010 com as especificações técnicas para um dróide esférico. Os desenhos são muito semelhantes ao BB-8 e explicam o funcionamento do pequeno robô.

Em 2013, uma start-up nascida de um programa da Disney criou a Sphero, uma esfera controlada por controlo remoto, que evoluiu e hoje já pode ser controlada através de qualquer smartphone. Considerando que a patente é de 2010 e a Sphero de 2013, é possível que exista relação.


Como funciona

Dentro da Sphero existe um par de rodas que se mantêm em contacto com as paredes internas da esfera. Um pequeno motor dá origem ao movimento, fazendo a esfera girar. Através de um giroscópio o motor sabe para que lado é o chão, e assim mantém as rodas sempre na direcção certa. O sistema do BB-8 deverá funcionar na mesma maneira, mas é consideravelmente maior.

Na patente da Disney, existe no interior da esfera uma haste central presa ao motor, que se mantém vertical, e que na ponta superior tem um íman forte. É esse íman que mantém a cabeça do pequeno dróide no lugar e sempre presa ao corpo. Através do comando, a haste pode fazer vários movimentos até 90 graus, em todas as direcções.

Noutra das hipóteses, o sistema é mais composto e tem uma zona superior mais larga com pequenos ímanes que delimitam até onde o elemento externo (cabeça) se pode mover. Os designers Carlos Sánchez e Emilio Gelardo testaram o conceito com uma animação 3D e mostraram como pode encaixar na perfeição nas entranhas do BB-8.


Pode parecer curioso que a patente tenha sido registada dois anos antes de a Disney comprar a Lucasfilm (e de anunciar a produção do novo filme da saga Star Wars), mas o mais provável é que a empresa tenha vários outros projectos patenteados sobre os quais nem sonhamos.

Os dróides do filme nasceram das mãos dos engenheiros Lee Towersey e Oliver Steeples, que além de trabalhar no filme novo, são fãs da saga.

O Despertar da Força chega aos cinemas em Dezembro.

fonte: PC Guia