domingo, 14 de junho de 2015

Aquele brilho misterioso em Ceres? A NASA também não sabe o que é e deixa-o votar


Fotografia © NASA/JPL-Caltech/UCLA/MPS/DLR/IDA

As opções fornecidas são vulcão, geyser, rocha, gelo, depósito de sal ou "outra".

Consegue adivinhar a explicação para o brilho misterioso detetado em Ceres? As duas luzes foram captadas no início de março pela sonda Dawn, da Agência Espacial Norte-americana (NASA), e até a sonda conseguir ver melhor, todos os palpites são válidos, considera a NASA, que pede a todos para votarem na página no Jet Propulsion Laboratory.

As opções fornecidas na página são vulcão, geyser, rocha, gelo ou depósito de sal.Quem não acha nenhuma destas uma resposta convincente pode sempre escolher "outras", que até agora vai à frente na votação.

A Dawn entrou na órbita de Ceres, o maior objeto da cintura de asteroides entre as órbitas de Marte e Júpiter, em março. A sua composição e características geológicas são desconhecidas e os cientistas da NASA esperam conseguir obter informações mais precisas em breve.

Num comunicado divulgado pela NASA na altura, o investigador responsável pela câmara da sonda, Andreas Nathues, explicou que os dois pontos brilhantes foram uma descoberta "realmente inesperada" e "um mistério".

Em maio a NASA concluiu que o que pareciam ser dois pontos brilhantes eram afinal dois aglomerados de pontos mais pequenos. Mas a origem exata destas manchas brilhantes continua no entanto por esclarecer. E como o mistério parece fascinar o público que gosta de ciência aproveitou a oportunidade para estimular a conversa.