domingo, 25 de setembro de 2016

As estranhas criaturas que habitam um vulcão submarino

Resultado de imagem para As estranhas criaturas que habitam um vulcão submarino

Uma expedição científica aventurou-se pelos montes e vulcões submarinos, nunca antes explorados, da costa do Havai. Lá encontraram espécies marinhas nunca antes observadas pela ciência.

Os cientistas do Conservation International (CI) decidiram rumar “por mares nunca dantes navegado” até às montanhas submarinas da costa do Havai, onde foram surpreendidos por novas e estranhas criaturas.

No fundo do mar existe vida. E existem montes e vulcões. Cerca de 10.000, espalhados pelos oceanos, ainda por explorar.

Este mês foram feitas três expedições, por cientistas da CI, a três montanhas submarinas ao longo da Costa do Havai: o monte Cook, o McCall e o Lō’ihi. Os montes Cook e o McCall fazem parte da região Geologist Seamounts, um anel formado por vulcões com cerca de 80 milhões de anos, segundo explicou a CI à revista Live Science.

Os montes submarinos são paisagens escarpadas, milhares de pés abaixo da superfície do mar, feitas de vulcões extintos e outros ainda ativos. Trata-se de ecossistemas complexos, com numerosas comunidades marinhas.

Os cientistas regressaram à superfície com imagens excecionais das criaturas estranhas que ali encontraram, muitas delas novas para a ciência, captadas através de submarinos — Pisces IV e Pisces V — equipados com múltiplas câmaras.

Nas profundezas do oceano, os investigadores descobriram que cada monte submarino tem o seu próprio ecossistema e encontraram diversasespécies de tubarões, enguias, raias, o polvo “dumbo octopus” e espécies raras de corais, incluindo uma variedade colorida à qual chamaram “purple haze” (“roxo neblina”).

Segundo os cientistas do CI, expedições como esta melhoram a compreensão do papel que as montanhas submarinas desempenham na ecologia do oceano, e podem ser úteis a futuras decisões políticas que afetem a conservação destes montes submarinos.





fonte: Observador