quinta-feira, 30 de julho de 2015

Resolvido o mistério da morte de 3 mil soldados de Napoleão


Desde 2002 que os cientistas tentavam perceber o que aconteceu aos cerca de 3 mil corpos encontrados numa vala comum da Lituânia.

A partir de escavações arqueológicas e de análises de ADN, os cientistas lituanos concluíram que os corpos que estão na vala comum pertencem aos soldados que morreram na sequência da tentativa falhada de Napoleão de ocupar Moscovo, em 1812.

Uma das conclusões a que os arqueólogos, liderados por Rimantas Jankauskas, chegaram é que os corpos, de soldados de pelo menos 40 regimentos, mostram sinais de fome extrema.


Os livros de História dizem que cerca de meio milhão de soldados de Napoleão marcharam para Moscovo e que apenas cerca de 40 mil sobreviveram (o princípio do fim do "reinado" de Bonaparte).


Os corpos foram encontrados em 2002 numa vala comum, perto da capital da Lituânia.

fonte: TSF