domingo, 26 de julho de 2015

Descoberta estrela "canibal"

Descoberta estrela "canibal"

Ilustração do sistema Gaia14aae Marisa Grove/Institute of Astronomy

Uma das estrelas rouba o gás da estrela vizinha, naquilo que é descrito como um processo de canibalização estrelar. A descoberta só foi possível devido ao trabalho de astrónomos amadores.

Uma equipa de cientistas descobriu um sistema estelar binário que é considerado único, face ao conhecimento que se tem do universo.

O que este sistema tem de especial é que, pela primeira vez, se identificou uma estrela que eclipsa completamente a outra. De que forma? Uma delas rouba o gás da sua estrela vizinha, naquilo que é descrito como um processo de canibalização estrelar.

A descoberta aconteceu quando os astrónomos perceberam que a estrela ficava cinco vezes mais brilhante ao longo de um mesmo dia.

As duas estrelas "orbitam-se", o que significa que um eclipse total acontece a 50 minutos.

Para esta descoberta contribuíram decisivamente astrónomos amadores.

O sistema é designado por "Gaia14aae" e está localizado a cerca de 730 anos-luz de distância na constelação de Draco.