quinta-feira, 23 de julho de 2015

NASA revela o novo gémeo da Terra


A superfície do planeta Kepler 452b poderá ficar assim


Terra (à esq.) e uma ilustração dos aspeto do novo planeta, o Kepler-452b

O novo planeta Kepler 452b é maior do que a Terra e anda ao redor de uma estrela como o Sol numa órbita que tem 385 dias.

Um ano tem 365 dias, a temperatura é ideal para a existência de água líquida, e a luz vem de uma estrela muito parecida com o Sol. Mas este planeta tão parecido com a Terra está a 1400 anos-luz de distância, na constelação de Cisne. É o Kepler 452b, e foi revelado hoje pela NASA no âmbito da missão do telescópio Kepler, que procura planetas semelhantes à Terra fora do nosso sistema solar.

O telescópio Kepler tenta encontrar planetas do tamanho da Terra que orbitem uma zona habitável à volta das suas estrelas - ou seja, uma zona em que a temperatura à superfície permita a existência de água no estado líquido.

O primeiro exoplaneta foi descoberto em 1995 e desde então já foram descobertos mais de mil planetas e mais três mil candidatos.

Uma das descobertas mais recentes foi a de um sistema solar que tem cinco planetas idênticos à Terra, encontrado por um grupo liderado pelo português Tiago Campante, da Universidade de Birmingham, no Reino Unido.