sexta-feira, 3 de julho de 2015

A Possessão de Anneliese Michel


Há exatos 39 anos, morria Anneliese Michel, de 23 anos, uma jovem alemã de família católica que acreditava estar possuída por demónios. Aos 16 anos, Anneliese começou a ter ataques epilépticos e alucinações.

Ao não conseguir a cura com a medicina tradicional, a jovem foi submetida a práticas de exorcismo, executadas pelos padres Ernest Alt e Arnold Renz, entre os anos de 1975 e 1976, até a sua morte, em 1º de julho de 1976. Durante os rituais de exorcismo, cerca de 70 sessões, a jovem comia cada vez menos, e acabou por morrer de desnutrição e desidratação.

As graves consequências atribuídas aos rituais resultaram na prisão dos padres e dos pais de Anneliese, condenados a seis meses de prisão por homicídio causado por negligência médica. O julgamento ficou conhecido como Caso Klingenberg, e inspirou o filme "O Exorcismo de Emily Rose" (2005).

fonte: BOL