domingo, 16 de fevereiro de 2014

Vala comum descoberta junto ao Museu Uffizi


Escavações já encontraram mais de 60 esqueletos

Escavações para uma obra que pretendia ampliar o museu de Florença puseram a descoberto os esqueletos. Arqueólogos pensam que uma epidemia atingiu a cidade no final do século IV

A ideia era ampliar o célebre Museu Uffizi, em Florença, o coração da Itália renascentista. Mas a escavação do terreno para as fundações de um novo elevador acabou por se transformar num trabalho de arqueologia, quando a obra pôs a descoberto um achado inesperado: uma vala comum com mais de 60 esqueletos que, aparentemente, datam do final do século IV, ou do início do século V, embora não haja uma certeza absoluta.

A obra de ampliação, entretanto, ficou paralisada há cinco meses, aquando da descoberta, mas a azáfama no local não parou. Pelo contrário, as escavações continuam, agora de forma metódica, sob a orientação de uma equipa de arqueólogos que querem avaliar toda a extensão do improvisado cemitério medieval e estudar os esqueletos ali depositados.