terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Nigéria fecha restaurante que servia refeições de carne humana


O jornal britânico Daily Mirror relata que as autoridades do Estado de Anambra, no sul da Nigéria, fecharam um restaurante que servia pratos de carne humana. A ementa do restaurante tinha até cabeças humanas fritas, notifica o jornal.

"A polícia encontrou no prédio do restaurante duas cabeças humanas envolvidas em polietileno, vários celulares, duas metralhadoras Kalashnikov e outras armas", escreve o jornal.

Foi um pastor local que informou a polícia sobre o estabelecimento. Quando o padre recebeu uma conta inesperadamente grande após um jantar no referido restaurante, ele perguntou porque o preço do prato era tão elevado. Verificou-se que ele tinha comido carne humana. O homem chocado dirigiu-se logo à polícia.

Onze funcionários do restaurante, incluindo o proprietário, foram detidos.