quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Einstein duvidou do Big Bang mas não publicou


Albert Einstein Fotografia © DR

Investigadores identificaram manuscrito de Einstein, de 1931, com uma visão alternativa sobre o universo.

Está à vista de todos, nos Albert Einstein Archives, em Jerusalém, mas a leitura que havia sido feita desse manuscrito era a de que seria um esboço para um outro artigo científico sobre cosmologia. No entanto, um grupo de investigadores que estudou o documento afirma que aquela é uma teoria que o "pai" da teoria da relatividade nunca publicou.

A equipa coordenada por Cormac O"Raifeartaigh, do Waterford Institute of Technology, na Irlanda, descobriu queaquela é uma proposta de visão do universo num estado estacionário, segundo a qual o universo estaria desde sempre, e para sempre, a expandir-se, mantendo uma densidade constante, e que foi pensada por Einstein quase 20 anos antes de ela ser proposta pelo famoso astrofísico britânico Fred Hoyle, no final dos anos 40.