domingo, 16 de fevereiro de 2014

Resolvido o mistério da rocha 'donut' de Marte


Fotografia © NASA

O mistério da rocha em forma de 'donut' que surgiu do nada no planeta Marte, em janeiro passado, está resolvido. Como era de se esperar a rocha não caiu de uma caixa de doces de um qualquer extraterrestre. A batizada por Pinnacle Island, com 1.5 centímetros de diâmetro, é apenas um pedaço de uma rocha maior que partiu e não foi captada na primeira passagem da sonda Opportunity da NASA. Provavelmente a rocha redonda terá sido movida pela roda do robot.

A NASA (agência espacial norte-americana) resolveu o mistério de uma curiosa rocha de Marte - apelidada de 'donut' por causa de sua semelhança com o popular bolo - que à segunda imagem parecia ter saído do nada. Afinal, bastou um olhar mais atento aos trilhos da sonda Opportunity para tudo ficar esclarecido.

O que surpreendeu os cientistas não foi o aspecto peculiar da rocha mas o facto de não encontrarem explicação para a sua presença naquele local. Anteriormente, numa primeira passagem da Opportunity, a imagem da rocha em forma de 'donut' não tinha sido fotografada, daí o mistério.

Mas a equipa responsável pela sonda da NASA em Marte finalmente percebeu que a pequena rocha redonda terá resvalado de uma outra que tem as mesmas características. Trata-se de uma rocha com altos níveis de magnésio e enxofre.

Assim, a NASA pôs fim, esta sexta-feira, ao mistério ao explicar que o enigmático 'donut' não era mais que um pedaço de rocha que se soltou de uma rocha maior e que tinha-se deslocado com as rodas do próprio robot, um engenho espacial que examina a superfície do planeta vermelho em busca de novas descobertas, desde o dia 6 de agosto de 2012.