domingo, 16 de fevereiro de 2014

China quer construir túnel subaquático com 123 quilómetros


A China está a planear a construção do maior túnel subaquatico do mundo, com 123 quilómetros. O túnel irá unir os portos de Dalian e Yantai, no Mar de Bohai.

"Os trabalhos vão começar logo que possível, em 2015 ou 2016", revelou o engenheiro Wang Mengshi ao jornal China Daily.

Além de ser mais um mega-projeto de engenharia para a China, a via rápida permitirá fazer a viagem entre o norte gelado da China e a ilha tropical de Haina, no sul, em cerca de 40 minutos. Neste momento, a viagem entre Dalian e Yintai demora cerca de oito horas num ferry boat. Por estrada, a viagem é ainda mais longa, uma vez que é preciso percorrer 1400 quilómetros.

A obra está orçada em 220 mil milhões de yuan ( 26,5 milhões de euros) e prevê a construção de uma via para carros e um caminho de ferro.

Além da dificuldade de construção do túnel por entre a dura rocha do fundo do mar e dos problemas de ventilação, a construção do túnel enfrenta ainda outro problema: trata-se de uma região com grante atividade sísmica. "O governo está a ser bastante cauteloso em relação a este projeto", explicou ao Daily Telegraph um especialista na Universidade de Shandong que está ligado ao projeto. "Esta ideia surgiu há 20 anos e temos feito muita investigação deste então."

Até agora, o mais longo túnel subaquático é o de Seikam, no Japão, construído em 1988, com 54 quilómetros. O túnel do Canal da Mancha, entre a França e Inglaterra, tem 51 quilómetros.