quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

'Fatwa' diz que muçulmanos não podem ir a Marte


Planeta Marte Fotografia © NASA

Uma 'Fatwa' emitida pela Direção Geral de Assuntos Islâmicos e Dotação (GAIAE) dos Emirados Árabes Unidos diz que uma viagem espacial a Marte seria um comportamento anti-islâmico.

A 'Fatwa' pretenderá impedir os muçulmanos de ir a Marte, uma vez que a viagem supõe um "risco real para a vida", o que poderia ser entendido como suicídio, ato proibido pelo Alcorão, segundo o 'Kaleej Times', citado pelo 'Telegraph'.

O decreto religioso é entendido como resposta ao projeto holandês "Mars One", que pretende enviar numa viagem espacial quatro pessoas a Marte, em 2022.

Apesar de o GAIAE alertar para os risco da viagem ao planeta vermelho, mais de 200 mil pessoas são já voluntárias para a viagem só de ida a Marte.