terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

26 anos de degelo num vídeo de um minuto

26 anos de degelo num vídeo de um minuto

Os cientistas norte-americanos ficaram chocados com um vídeo que mostra como o gelo que até há apenas 26 anos dominava o Ártico praticamente já desapareceu.O vídeo, de um minuto, foi apresentado há dois dias em Chicago pela NOAA (National Oceanic Atmospheric Admnistration).


Segundo o jornal espanhol "ABC", os repetidos alertas contra as alterações climáticas que se estão a registar dramaticamente no nosso planeta estão, efetivamente, a acontecer. Segundo peritos da NOAA (National Oceanic and Atmospheric Administration) dos Estados Unidos, a tendência global para um degelo no Ártico é inevitável, com a região a ficar cada vez mais quente.

Prova disso é um vídeo que a NOAA apresentou há dois dias, em Chicago, numa sessão dedicada às alterações climáticas durante a conferência anual da Associação Americana para o Avanço das Ciências (AAAS). Um vídeo que deixou, literalmente, de boca aberta os cientistas que o viram e que mostra, em animação, Um mapa do efeito do degelo com o passar do tempo, entre 1987 e outubro de 2013. O vídeo demonstra que em apenas 26 anos, os gelos que dominavam a região já desapareceram praticamente.

O vídeo, com a duração de apenas um minuto, e que será publicado na próxima edição da revista 'Science'", ilustra de forma dramática o que sucedeu ao gelo do Ártico no último quarto de século. A "mensagem" deixa poucas dúvidas: à medida que os anos avançam a superfície total da zona gelada do Ártico vai-se tornando cada vez mais pequena. Se há um quarto de século as áreas cobertas por gelo ocupavam 26% do total, agora estão reduzidas a apenas 7%.