sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Estudo: chineses de olhos verdes seriam descendentes de romanos


Moradores de uma remota vila no noroeste da China sempre acreditaram serem especiais, já que apresentavam características incomuns para outras pessoas da região, como olhos verdes e cabelos claros.

Agora um teste de ADN indica que eles são dois terços caucasianos e investigadores acreditam que eles são descendentes de uma legião romana que se perdeu há cerca de 2 mil anos durante uma guerra. As informações são do site do jornal Daily Mail.

O professor Homer Dubs, de Oxford, já havia sugerido nos anos 50 que os moradores da vila de Liqian poderiam ser descendentes de um grupo de soldados que se perdeu após a derrota do romano Crasso para os partos, na região onde hoje fica o Irão, em 53 a.C..


Os legionários teriam se unido aos hunos, que lutavam contra a China. Documentos oficiais chineses dizem que a vila foi fundada por soldados capturados numa guerra contra os hunos em 36 a.C.. O resultado dos exames de ADN reforça a teoria de Dubs.


A teoria, contudo, recebe críticas. Yang Gongle, professor da Universidade de Pequim, afirma que a vila foi formada em 104 a.C., quase 50 anos antes do proposto pelo professor de Oxford.

Maurizio Bettini, da Universidade de Siena, na Itália, diz que enquanto não forem encontrados itens que liguem o local a Roma, como armas ou dinheiro romano, objectos comuns a legionários da época, não se pode fazer uma ligação com a legião romana.

fonte: terra / Daily Mail

Sem comentários:

Publicar um comentário