domingo, 17 de janeiro de 2016

As rãs têm um sistema de comunicação complexo


As rãs, estudadas no Brasil, emitem sons, enviam sinais e tocam-se para comunicarem.

Um estudo feito com uma determinada espécie de rãs brasileiras mostra que recorrem ao contraste de cores do corpo para enviar sinais visuais a outras rãs da mesma espécie.

Cientistas brasileiros estudaram a "Hylodes japi" (na serra de Japi) e perceberam também que as fêmeas tocam nos machos para o acasalamento, o que se desconhecia acontecer entre as rãs.

A equipa, que acaba de publicar um artigo na revista PLOS, também descobriu que este tipo de rãs pode selecionar determinado membro do corpo para comunicar e que escolhem o destinatário das mensagens.

A investigação não desvaloriza os sons das rãs, que eram considerados a forma preferencial de comunicação, mas junta vários recursos, alguns até bastante complexos.

fonte: TSF