quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

A prótese de uma perna mais antiga do mundo


Chinese Archaeology

Tem 2200, foi descoberta na China e continua a ser estudada pelos cientistas.

A prótese é de um homem com a perna esquerda deformada e tem um casco de cavalo na ponta, que servia de sapato.

O homem tem a tíbia e o fémur fundidos, o que obrigou a colocar a prótese a 80 graus, de acordo com uma nova investigação.

Sem a prótese, e com essa deficiência, teria sido muito difícil para o homem caminhar ou mesmo andar a cavalo.

Feita de madeira, a prótese tem sete buracos nos dois lados, onde entravam cordões de pele.

O desgaste dos furos e da placa indica que a perna de madeira foi utilizada durante anos para fazer parte do corpo do seu proprietário.

Novas escavações, feitas no cemitério de Turpan (China) revelam que além do homem há, na sepultura, uma jovem, sobre o qual não há qualquer informação.

fonte: TSF