terça-feira, 21 de maio de 2013

Rinoceronte branco nasce em zoo da Austrália


O rinoceronte branco com um dia de vida Fotografia © DR

Um rinoceronte branco, espécie ameaçada devido ao tráfico do seu chifre, nasceu na semana passada, em cativeiro, no jardim zoológico de Taronga Western Plains, na Austrália, informou hoje o centro.

O exemplar macho, que ainda não tem nome, apresenta uma boa condição de saúde, estando sob o cuidado da sua mãe, Mopani, no zoológico da cidade de Dubbo, a cerca de 400 quilómetros a noroeste de Sydney.

De acordo com o chefe dos tratadores dos rinocerontes, Pascale Benoit, a cria nasceu saudável apesar de durante a gravidez Mopani ter contraído a mesma doença, ainda desconhecida, que matou outros quatro rinocerontes brancos no zoológico no ano passado.

A população de rinocerontes brancos está ameaçada pela caça furtiva impulsionada pela procura das presas, principalmente na China, onde são apreciadas para a medicina tradicional.

Desde 2006 aproximadamente 2000 exemplares morreram em África às mãos de caçadores furtivos, de acordo com a Fundação Internacional do Rinoceronte, cujos dados revelam que o crescimento da sua população atingiu os níveis mais baixos em décadas.

Segundo os especialistas, a caça furtiva superará a taxa de natalidade a manter-se o atual ritmo de 300 exemplares mortos ao ano.

O rinoceronte branco foi catalogado como uma espécie "quase ameaçada" pela União Internacional para a Conservação da Natureza, sendo que a subespécie do Norte em estado selvagem poderá mesmo ter-se extinguido, dado que o último exemplar foi avistado em 2006.


Sem comentários:

Publicar um comentário