terça-feira, 14 de maio de 2013

Rebelde sírio "come" coração de soldado


Um vídeo que mostra um rebelde a cortar, arrancar, e possivelmente a dar uma dentada, no coração de um soldado já morto, está a chocar a Síria e o mundo. Diferentes grupos de direitos humanos defendem que a guerra na Síria tomou contornos de puro ódio e vingança.

A sequência de imagens disponível no "youtube" mostra um homem a dilacerar a carne do cadáver de um soldado, removendo o coração e, embora não seja de forma clara, aparenta chegar mesmo a dar uma dentada.

O sírio vai mais longe e desafia o opositor diretamente, no vídeo que foi publicado no passado domingo: "Aos soldados de Bashar o cão, comeremos os vossos corações e os vossos fígados."

O presidente Bashar al-Assad garante que o crime de guerra não passará impune e que o responsável será devidamente julgado.

Entretanto, a Organização internacional de direitos humanos (Human Rights Watch - HRW) identificou o protagonista da gravação. Abu Sakkar, líder da brigada Independent Omar al-Farouq, que funciona sob a alçada do principal grupo de rebeldes sírios, comanda uma força de 20 mil combatentes.

A HRW remete também que o caso não é totalmente inédito. O líder rebelde protagoniza outros vídeos em que profana os mortos da força opositora.


Sem comentários:

Publicar um comentário