quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Escooter da smart é eléctrica e liga-se com o telemóvel


Dimensões compactas, ágil, com elevados padrões de segurança e típica condução smart apoiada por uma eficiente unidade propulsora isenta de emissões. É a escooter da smart, que além das suas inovadoras soluções tecnológicas, quer distinguir-se pelo design e pela fácil manobrabilidade.

Outra vantagem é a integração dos smartphones: o smart drive kit app dispõe de úteis funções como o velocímetro ou indicador da autonomia da bateria. Tudo isto se traduz em funcionalidade, sustentabilidade ambiental e diversão de condução. A estreia mundial realizou-se no Salão Automóvel de Paris 2010, que fecha as portas domingo (dia 17).

No tráfego urbano, a smart escooter poderá ser uma alternativa ao automóvel convencional, com excelente manobrabilidade, conforto e elementos de segurança pioneiros, incluindo um airbag, sistema anti-bloqueio das rodas (ABS) e Assistente de Ângulo Morto.

A primeira impressão que se obtém da smart escooter é a de um design muito próprio. Caracteriza-se pelas suas atractivas e desportivas proporções. O seu aspecto dinâmico e elegante é reforçado pela forma das linhas, as quais os designers referem como design “iconic”. A aparência da escooter deve-se a detalhes que realçam o seu elevado valor e aspecto moderno, desde o revestimento do cockpit até às luzes traseiras.

A estrutura de apoio do chassis da escooter está cuidadosamente moldada na célula de segurança tridion do smart fortwo. O quadro em aço e alumínio está revestido por bodypanels totalmente substituíveis, o que comprova a sua equiparação com o modelo automóvel. As luzes de presença melhoram a visibilidade lateral e também servem de indicadores de mudança de direcção.

Além da sustentabilidade ambiental, a smart escooter concentra-se na condução. Apesar da sua dimensão compacta, o motor em forma de disco montado no cubo da roda traseira debita 4 kW (5,4 cavalos). Este transmite a potência directamente para a roda traseira. Outra vantagem é o facto de o motor não ocupar qualquer espaço no chassis, oferecendo assim mais espaço de arrumação.

A escooter atinge uma velocidade máxima de 45 km/h. É alimentada por um conjunto de baterias de iões de lítio de 48 Volts. Graças à capacidade da bateria de 80 Ah, é possível atingir uma autonomia de 100 quilómetros. A escooter pode ser recarregada em qualquer tomada doméstica entre três a cinco horas.

Condução descontraída e segura

A smart escooter está equipada com elementos de segurança invulgares na sua categoria. Inclui sistema anti-bloqueio das rodas na travagem (ABS), especialmente adaptado para um modelo de duas rodas, um airbag integrado no painel debaixo do guiador e o Assistente de Ângulo Morto que chama a atenção do condutor em relação a veículos que circulam na faixa de rodagem: tal como no Mercedes-Benz Classe E, uma luz triangular pisca no retrovisor avisando o condutor.

Para travar em segurança com a smart escooter basta um toque no travão para travar em simultâneo a roda da frente e da traseira. Quando é accionado o travão de disco hidráulico da roda da frente, activa-se o sistema anti-bloqueio das rodas a fim de assegurar a máxima força de travagem mesmo numa situação de emergência. A roda traseira é travada em paralelo com a roda da frente, não mecanicamente mas electricamente.

Ligado via smartphone

O smartphone desempenha um papel especial na escooter, servindo de central de comando e de comunicação. Antes de ligar a escooter, basta o condutor colocar o smartphone num suporte especialmente concebido para o efeito no centro do guiador. Desta forma fica directamente ligado à smart escooter. Ao mesmo tempo, desactivam-se o imobilizador e a protecção anti-roubo, para permitir o arranque da escooter.

O novo e aperfeiçoado “smart drive kit app” permite ao condutor utilizar serviços online. Durante a condução, o smartphone opera o velocímetro da escooter. Além disso, indica a autonomia e o nível de carga, funcionando também como sistema de navegação. Caso o condutor se tenha esquecido onde estacionou a sua escooter, o “GPS Tracking” ajuda-o a localizá-la.

Para os dias mais frios há um sistema de aquecimento do guiador que pode ser accionado por comando à distância.

fonte: JN

Sem comentários:

Publicar um comentário