sábado, 10 de outubro de 2015

Há céus azuis e água em Plutão


A água encontra-se no estado sólido e só é visível nalgumas regiões do planeta-anão.

As primeiras imagens da atmosfera de Plutão enviadas pela sonda New Horizons, enviada pela NASA até ao sistema solar exterior, mostram que os céus do planeta-anão são azuis. Informação enviada pela mesma sonda permitiu ainda saber que existe água em estado sólido em Plutão, divulgou a agência espacial norte-americana esta quinta-feira.

"Quem imaginaria que haveria um céu azul na Cintura de Kuiper?", disse Alan Stern, o principal cientista ligado à sonda New Horizons, citado num comunicado da NASA. A fotografia da atmosfera do planeta tirada pela sonda mostra como as partículas do nevoeiro refratam a luz azul.

As partículas em si serão, em princípio, cinzentas ou vermelhas, e de um tamanho um pouco maior do que as partículas mais presentes na atmosfera terrestre, moléculas de azoto. A atmosfera de Plutão será, assim, principalmente constituída por "partículas semelhantes à fuligem a que chamamos tolinas", explicou a cientista Carly Howett. As tolinas formar-se-ão na parte superior da atmosfera, a partir da interação da luz solar com moléculas de azoto e de metano.

A sonda New Horizons descobriu também a existência de água gelada na superfície do planeta-anão. A água gelada só é visível nalgumas regiões do planeta-anão - grande parte da superfície de Plutão não mostra gelo de água exposto. Noutras áreas, a água gelada "estará coberta por outros gelos mais voláteis", explicou o cientista Jason Cook. "Perceber por que é que a água aparece onde aparece, e não noutro lugar, é um desafio que estamos a começar a enfrentar".

A revelação da presença de água em Plutão já começou a ser falada desde a semana passada, quando Alan Stern disse, na apresentação de novas fotografias da lua de Plutão, Caronte: "Este mundo está vivo", e acrescentou, "Todas as semanas fico incrédulo. A NASA não me deixa dizer o que vos vamos contar na quinta-feira. É incrível". Esta quarta-feira, quando o anúncio do dia seguinte começou a ser antecipado, Alan Stern veio desmentir que qualquer coisa fosse passar-se.

Através da conta não-oficial do Twitter, New Horizons 2015, que é usada pelo principal cientista Alan Stern, o rumor foi desmentido. "Não faço ideia como [as minhas declarações] foram mal interpretadas, mas foram", afirmou. Mas afinal, quinta-feira, sem mais nenhuma notícia do que aí vinha, a NASA anunciou a descoberta do céu azul de Plutão e de gelo na superfície do planeta-anão.