terça-feira, 6 de outubro de 2015

Enfiou braço dentro da boca de urso para sobreviver a ataque



Um caçador sobreviveu a ataque de um urso porque se lembrou de uma dica que leu numa revista: enfiou o braço dentro da boca do animal.

Chase Dellwo, 26 anos, estava a caçar com o irmão em Montana, EUA, quando ficou cara-a-cara com um urso macho com cerca de 180 quilos.

O caçador estava a tentar levar um grupo de alces até ao cume onde o irmão esperava, quando de repente, percebeu que estava a um metro de um urso. Dellwo só teve tempo de dar alguns passos para trás antes que o animal lhe batesse e mordesse na cabeça.

"Largou-me, mas ficou em cima de mim e soltou o rugido mais alto que já ouvi", contou Chase Dellwo. O urso mordeu-lhe depois a perna e sacudiu-o, atirando-o ao ar.

Em pânico, lembrou-se de um artigo de revista que acabou por lhe salvar a vida.

"Lembrei-me de um artigo que a minha avó me deu há muito tempo que dizia que os animais de grande porte têm reflexo de vómito" muito agressivo, contou o caçador. "Enfiei meu braço direito dentro da boca dele em direção à garganta".

A dica funcionou e o urso fugiu. Dellwo conseguiu voltar depois para junto do irmão que o levou ao hospital. Segundo o jornal britânico "The Guardian", recebeu pontos na cabeça, tem um olho inchado e feridas profundas na perna.

"Quero que toda a gente saiba que não foi culpa do urso. Ele estava tão assustado quanto eu", disse ainda o caçador.