sexta-feira, 13 de março de 2015

Aranha que provoca ereção de quatro horas encontrada dentro de banana


Fotografia © DR

Quando tirou a casca de uma banana acabada de comprar num supermercado, uma mulher apanhou um grande susto, ao ver aranhas grandes e peludas.

Phoneutria nigriventer. É esta a espécie de aranhas que Maria Layton, 43 anos, encontrou no interior de uma banana de um cacho comprado na cadeia de supermercados Tesco, em Pontardawe, no País de Gales . Também conhecida como aranha-de-bananeira ou aranha armadeira, esta espécie é sobretudo conhecida pelos efeitos da sua picada: é tão potente que pode matar ou, na melhor das hipóteses, provocar nos homens uma dolorosa ereção de quatro horas.

Maria Layton não ganhou para o susto quando, ao tirar a casca de uma banana para dar à filha de seis anos se deparou com os ovos e aranhas grandes e peludas. Esta mulher, que reparara que a casca da banana tinha uma marca estranha, diferente da que surge em situações de podridão, apressou-se a colocá-la num recipiente fechado dentro do frigorífico e telefonou para o serviço de apoio ao cliente da Tesco.

Tendo reconhecido as aranhas como perigosa - por coincidência vira uma notícia recentemente sobre a espécie - Maria Layton esperava que a cadeia de supermercados tomasse uma atitude em prol da segurança dos clientes. Mas aquilo que lhe terão dito foi para regressar à loja com o produto (e as aranhas) para que lhe fosse devolvido o dinheiro. As bananas teriam sido importadas da Costa Rica.

Devido aos efeitos da sua picada, a aranha armadeira está a ser estudada para ser usada no tratamento da disfunção erétil. A substância que liberta (a Pn Tx2-6) já se mostrou eficaz nas experiências feitas em laboratório.