quarta-feira, 25 de março de 2015

Nitrogénio encontrado em Marte é mais um indício de vida no planeta


A sonda Curiosity continua a explorar o planeta MarteFotografia © Arquivo NASA

Estudo revela a existência na superfície de Marte de uma forma de nitrogénio, um dos elementos essenciais para a vida.

Há nas rochas de Marte resíduos de nitrogénio que poderia, eventualmente, ter sido usado por micróbios, se eles existiram ali, para construir moléculas, como por exemplo os amino-ácidos (componentes das proteínas). Esta foi uma descoberta da sonda Curiosity que foi revelada esta segunda-feira num artigo publicado na revista Proceceedings of the National Academy of Sciences (PNAS) e que leva os cientistas a acreditar que o planeta poderá ter tido alguma forma de vida.

A presença do elemento no planeta foi verificada a partir do instrumento Sample Analysis at Mars (SAM, sigla em inglês), que recolheu amostras de três lugares diferentes, através de perfurações em rochas e em depósitos de areia. "As pessoas seguem a pista do carbono, mas o nitrogénio é um elemento igualmente necessário para a vida", afirmou Jennifer Stern, da NASA e uma dos autores do artigo, ao Los Angeles Times.

A presença de nitrogénio no planeta é um fator a ter conta quanto à possibilidade de existir vida em Marte, já que, este elemento é imprescindível na síntese de moléculas como as proteínas RNA e DNA. No entanto, de acordo com o estudo, ainda não há indícios de qualquer mecanismo que faça com que o nitrogénio fixado no solo regresse à atmosfera e mantenha o ciclo do nitrogénio, como acontece na Terra.

Um outro artigo publicado na mesma revista aborda o modo como o monóxido de carbono, um gás abundante na atmosfera de Marte, poderia ter permitido a existência de comunidades microbiológicas no planeta.