segunda-feira, 13 de junho de 2016

Planeta mais novo do que o Homem vai virar pó


Planeta é mais recente do que os primeiros hominídeos.

Mais novo que os seres humanos, com 'apenas' dois milhões de anos de vida, um planeta da classe 'Júpiter Quente' está a morrer aos poucos.

Se comparado com a "idade" da Terra, que os cientistas estimam em 4,5 mil milhões de anos, e comparado com os antepassados mais antigos da humanidade, de há cerca de 2,8 milhões de anos, este planeta é quase um 'bebé'.

Segundo o Astrophysical Journal, investigadores da Universidade de Rice afirmam que em breve este planeta deverá tornar-se poeira.

Um dos investigadores, Christopher Johns-Krull, salienta que “é possível que [o planeta] se tenha formado bem longe da estrela e migrou até um ponto em que está a ser destruído".