sábado, 18 de junho de 2016

Mulher diz que vítimas de desastre aéreo vagam por sua casa


Marina, filha de Dona Terezinha e irmã de Ivone, mortas após sua casa na zona norte de São Paulo ser atingida por um avião em janeiro de 1984, afirma que os espíritos das nove pessoas mortas no acidente continuam no local. "Já vi vultos, ouvi barulhos e tenho depressão de ficar nesta casa", afirma Marina.


fonte: BOL