quinta-feira, 16 de junho de 2016

Corpo de criança arrastada por jacaré na Disney é encontrado


O corpo do garoto de 2 anos arrastado por um jacaré, na noite desta terça-feira, em um lago na Walt Disney World, foi encontrado na tarde desta quarta-feira. As buscas vinham sendo feitas na região por helicóptero e barcos. Inicialmente a informação foi veiculada pela emissora de TV americana CNN.

Jeremy Demings, xerife de Orange County, informou que mergulhadores encontraram um corpo intacto na água. Será feito o exame de autópsia, mas não há qualquer motivo que leve a crer que o corpo não seja do menino, cujo nome, até então não divulgado, é Lane Graves, filho de Melissa e do publicitário Matt Graves.

Os pais, católicos, receberam a notícia na companhia de um padre e, apesar de arrasados com a notícia, ficaram aliviados com o fato de a busca não ter se prolongado. 

O xerife também informou que não tem dúvidas de que o menino tenha se afogado após o ataque do animal.

Entenda o caso

Nesta terça-feira à noite, às 21h16, o menino estava na beira de um lago no Disney's Grand Floridian Resort & Spa perto de Orlando, na Flórida, com o pai, quando foi atacado por um jacaré. Segundo a polícia, o pai tentou desesperadamente salvar o menino, mas não conseguiu. A mãe também entrou na água, mas o animal foi mais rápido que os dois que estariam acompanhados de uma outra criança.

O lago na Disney não tem placas alertando para a presença de jacarés. Há apenas uma sinalização de que é proibido nadar. Em abril, uma outra família foi perseguida por um jacaré no mesmo lago, mas eles não se machucaram.

As buscas continuaram nesta quarta-feira. Durante as buscas quatro jacarés foram encontrados e sacrificados.

A família é de Nebrasca, nos Estados Unidos. Psicólogos ficaram com a família durante a noite para dar apoio.

A Disney decidiu fechar todas as praias artificiais numa medida que chamou de "excesso de cautela". O Grand Floridian é um resort de alto luxo de propriedade da Disney. É um dos três hotéis na linha do monotrilho da Disney, a apenas uma estação do Parque Magic Kingdom.

Mais cedo, o diretor da Florida Fish and Wildlife, agência governamental que cuida do meio ambiente, Nick Wiley, disse que é extremamente raro que pessosa sejam atacadas por jacarés, e que eles trabalham com a Disney para remover os animais.

"Temos jacarés toda a água na Flórida e eles se deslocam, então é difícil saber onde eles estarão", explicou Nick Wiley.

Família também foi perseguida

Uma família de Liverpool, na Inglaterra, afirmou que, há poucas semanas, foi perseguida por um jacaré no mesmo lago da Disney onde um menino de 2 anos foi arrastado por um animal nesta terça-feira à noite.

Carl Davies, de 34 anos, e Karen Davies, de 37, contaram ao jornal “Daily Mirror” que estavam sentados na beira do lago do Disney Polynesian Village Resort, na Flórida, com seus dois filhos pequenos quando o enorme jacaré apareceu. Esse resort fica às margens do mesmo lago que o Disney's Grand Floridian Resort onde o menino sumiu.

Eles se preparavam para assistir a queima de fogos do parque Magic Kingdom quando a filha de 8 anos anos ouviu um enorme barulho na água. Momentos depois, eles viram uma enorme forma escura sair do lago na frente deles e uma família canadense que estava ao lado deles gritou: “Jacaré”.

“Ele ficou na nossa frente a uns dez metros de distância. Ele saiu para fora da água e tivemos que correr. Estava escuro como um breu”, disse. Segundo Carl, havia uma placa dizendo para turistas não entrarem no lago, mas nenhum aviso sobre o perigo de jacarés. Eles escaparam sem ferimentos, mas a filha do casal ficou com muito medo de ir à praia no resto das férias. O caso aconteceu em abril deste ano.

fonte: Extra