sábado, 5 de setembro de 2015

Polónia mobiliza Exército para encontrar misterioso 'comboio nazi'




A Polónia anunciou nesta terça-feira a mobilização de especialistas militares para verificar a existência de um misterioso "comboio nazi" supostamente carregado de ouro e enterrado na região de Walbrzych (sudoeste) ao final da Segunda Guerra Mundial.

"O ministro decidiu enviar meios técnicos para investigar e verificar a existência deste comboio", declarou à AFP o porta-voz do ministério da Defesa, Jacek Sonta.

"Militares especialistas em minas terrestres vão determinar nos próximos dias os meios técnicos que serão utilizados", acrescentou.

"O exército vai agir a pedido do governador da região", concluiu.

No entanto, o governador da região, Tomasz Smolarz, expressou na segunda-feira seu cepticismo sobre a existência do comboio que fascina há dias a opinião pública na Polónia e no exterior.

"O valor informativo do anúncio da descoberta é de modo algum superior aos que já apareceram nas últimas décadas", declarou à imprensa Smolarz, depois de reunir uma unidade responsável pela caso.

"Com base nos documentos apresentados (pelos caçadores de tesouros) ao prefeito de Walbrzych, é impossível afirmar que tal achado está realmente localizado no local indicado", disse ele.

Smolarz negou ainda a existência de imagens de georadar (que estuda a composição e estrutura do solo), que teriam sido fornecidas pelos descobridores que continuam anónimos.

Na sexta-feira, o curador-geral de monumentos na Polónia, Piotr Zuchowski, afirmou ter visto imagens de um radar de penetração no solo de um comboio blindado, com mais de 100 metros e enterrado no subsolo.

Ele disse estar "99%" convencido da existência desse "comboio nazi".

O dirigente da Baixa Silésia anunciou nesta segunda-feira que a área indicada pelos potenciais descobridores, que representa cerca de três hectares de terra em Walbrzych, será protegida pela polícia e outros serviços competentes, como a polícia ferroviária, e que toda informação fornecida será "analisada do ponto de vista histórico, geológico, geográfico e técnico".

fonte: Yahoo!