domingo, 20 de setembro de 2015

Descoberto peixe com pulmões





Os pulmões do celacanto de hoje não têm função, mas mostram como respirava este peixe, considerado um "fóssil vivo".

Durante muito tempo o celacanto ("Latimeria chalumnae") esteve dado como extinto. Em 1938 foram vistos os primeiros espécies vivos, na África do Sul.

E agora uma equipa de cientistas brasileiros, ligados à Universidade Estadual do Rio de Janeiro, descobriu pulmões nos exemplares vivos, ainda que atrofiados e, portanto, sem funções na respiração da espécie.

Embora os celacantos de hoje respirem através de guelras, os cientistas acreditam que a descoberta é relevante para perceber como respirava uma espécie que estará na Terra há pelo menos 410 milhões de anos.

É que esta investigação mostra que no passado esses órgãos eram maiores e mais desenvolvidos.

O "Latimeria chalumnae", peixe de águas profundas, pode ser visto nas águas do sul da África e em certas zonas do Índico.

As conclusões da investigação foram publicadas na revista científica "Nature Communications".

fonte: TSF