quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Animal de 260 milhões de anos foi primeiro quadrúpede não-rastejante




'Bunostegos akokanensis' tinha tamanho e postura de uma vaca. Maior parte dos animais terrestres da época se locomoviam como lagartos.

A análise dos remanescentes fósseis de um animal que viveu há 260 milhões de anos, oBunostegos akokanensis, sugere que ele tenha sido o primeiro quadrúpede a caminhar só com as pernas, sem arrastar o corpo tal qual um lagarto.

A descoberta foi feita por um grupo de paleontólogos americanos liderados por Morgan Turner, da Universidade Brown, em Massachusetts (EUA). O cientista chegou à conclusão após analisar as patas do animal, que era um pré-reptil, criatura anterior à formação do grupo réptil na evolução.

Segundo os pesquisadores, o encaixe dos ossos dos membros posteriores do animal indica que eles ficavam apontados para baixo no esqueleto, descartando a possibilidade de o animal se posicionar como um lagarto. O trabalho está descrito em estudo no periódico científico "Journal of Vertebrate Paleontology".

Segundo Turner, o herbívoro Bunostegos tinha tamanho e porte erguido de uma vaca. As descobertas publicadas agora foram feitas com base em estudos dos fósseis de vários indivíduos Bunostegos encontrados no Níger, na África ocidental.

Segundo os autores, a transição entre a postura quadrúpede rastejante e a postura erguida não foi um evento brusco na evolução. Alguns vertebrados com postura de lagarto já deveriam ser capazes de elevar o ventre durante a locomoção, mas o Bunostegos é o mais antigo conhecido a manter essa postura como estutura de repouso de seu corpo.

fonte: G1