sábado, 25 de janeiro de 2014

Veículo chinês de exploração da Lua tem problema mecânico


Já está a ser programada a reparação do veículo designado "Coelho de Jade".

O veículo teleguiado chinês de exploração da Lua, designado "Coelho de Jade", registou um problema mecânico, informou este sábado a agência oficial Xinhua.

Este problema deveu-se ao "ambiente complicado da superfície da Lua", refere a agência, que cita a Administração Estatal para a Ciência, Tecnologia e Indústria da Defesa Nacional da China.

Os cientistas "organizam uma reparação" do veículo, acrescenta a Xinhua sem fornecer mais detalhes.

A sonda espacial Chang'e-3, que transportou o "Coelho de Jade", ou Yutu em chinês, aterrou na lua a 14 de dezembro do ano passado e o veículo tocou o solo lunar algumas horas depois. Foi a primeira vez que um aparelho fabricado pelo homem pousou na superfície da lua desde uma missão soviética em agosto de 1976.

O objetivo da missão chinesa é examinar a geologia lunar e procurar recursos naturais durante três meses.