quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Americana de 58 anos vai dar à luz o seu primeiro neto


Faltam apenas algumas semanas de gravidez para Julia Navarro dar à luz o primeiro filho da sua filha de 32 anos e do seu genro que, por problemas de infertilidade, sofreram mais de dez abortos espontâneos.

O casal de Provo, no estado do Utah, tentou ao longo de três anos várias soluções para ter um filho até que começaram a pensar em alternativas. Uma amiga do casal e a irmã da futura mãe chegaram a ponderar ser ‘barriga de aluguer’, mas acabaram por desistir da ideia.

Foi então que a Julia, 58 anos, se ofereceu à filha e ao genro para carregar o bebé. Após três meses de injecções hormonais, os médicos implantaram no seu útero o embrião gerado in vitro por um óvulo da filha e esperma do genro.

Apesar de a implantação ter apenas 45% de hipótese de êxito devido à idade de Julia, a mulher engravidou e a gravidez tem decorrido sem incidentes. Em poucas semanas, deverá dar à luz uma menina.

O processo exigiu três meses de psicoterapia para o casal e para avó.

Os casos de avós grávidas de netos são ainda raros, mas o número tem vindo a aumentar nos Estados Unidos. No ano passado, uma avó de 53 anos deu à luz duas netas gémea. Em 2012, também uma mulher de 49 anos viu nascer o neto.

fonte: Sol online