segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Osso de Alfredo o Grande terá sido encontrado







Uma equipa de arqueólogos anunciou hoje que pode ter encontrado um dos ossos do rei Alfredo, o Grande, que no século IX combateu os 'viking' e lançou as bases da Inglaterra como nação.

Testes indicaram que um osso pélvico descoberto numa caixa num museu em Winchester, sul da Inglaterra, pertence provavelmente aquele monarca ou ao seu filho o rei Eduardo, o Velho, referiram.

O osso esteve armazenado desde que foi descoberto em 1999 em escavações num parque de estacionamento, que tinha sido construído sobre o local de uma catedral anglo-saxónica.

Alfredo foi coroado rei de Wessex aos 22 anos e mais tarde uniu a Inglaterra. Governou de 871 até à sua morte com 50 anos, em 899.

Nick Thorpe, do departamento de arqueologia da Universidade de Winchester, disse que os cientistas estão "muito animados por terem conseguido estabelecer uma ligação plausível entre aquele osso humano e uma daquelas duas figuras cruciais da história de Inglaterra".

A descoberta foi feita alguns meses depois de investigadores dizerem que encontraram restos do rei Richard III, do século XV, sob outro parque de estacionamento na cidade de Leicester, no centro de Inglaterra.