terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Baleias siamesas encontradas no México









Baleias siamesas foram encontradas já sem vida


Cientistas consideram caso “sem precedentes”.

Duas baleias bebés foram encontradas mortas numa lagoa, no México. A descoberta feita por pescadores, revelou-se um caso “sem precedentes” para cientistas, pois as baleias eram, siamesas. Estavam ligadas pela zona do ventre.

Com cerca de quatro metros de comprimento, as baleias cinzentas pesavam cerca de meia tonelada. Tinham duas cabeças completas e os fins das caudas, de acordo com Benito Bermudez, um biólogo marinho e gerente regional na Comissão Nacional de Áreas Naturais Protegidas. O biólogo marinho acrescenta que é uma descoberta "sem precedentes" na região.

Acredita-se que as baleias nasceram como resultado de um aborto e não sobreviveram por muito tempo.

Todos os anos, centenas de baleias cinzentas migram do mar de Bering entre a América do Norte e a Rússia para as águas mais quentes da Baja da Califórnia. Entre 2012 e 2013, foram avistadas cerca de mil e duzentas baleias. A baleia cinzenta migra para sul para se alimentar após o acasalamento, que decorre no inverno, no mar de Bering. Este fenómeno atrai vários turistas para a região.