quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Carro cai de falésia com 162 metros de altura e motorista fica quase intacto




Um jovem de 20 anos estava dirigindo pelo ponto turístico de Beachy Head, uma falésia gigante à beira da costa sul do Reino Unido em seu 4x4 até o acontecimento de uma tragédia. O automóvel que ele conduzia despenhou abaixo de um dos maiores penhascos do país.

Na tarde da última quarta-feira (3), logo após o ocorrido, um helicóptero da guarda costeira foi acionado e chegou ao local para analisar o carro que havia caído. Por sorte, o time de resgate encontrou dentro do veículo o motorista vivo e praticamente intacto. Ele estava dirigindo sozinho na região.

"Não está claro neste estágio qual o nível dos ferimentos", declarou um dos oficiais que realizou o socorro no momento, de acordo com nota dada pelo britânico Daily Mail.

O homem então foi levado ao Hospital Royal Sussex County, em Brighton, uma das cidades mais próximas de Beachy Head, para ser avaliado. Surpreendentemente o jovem de 20 anos havia se machucado bem pouco e estava com hematomas, devido ao impacto, e apenas uma costela quebrada. 

Não se sabe ao certo o que levou à queda do 4x4. A imprensa também não divulgou mais informações a respeito do estado da vítima.

A região de Beachy Head é composta por uma falésia com cerca de 160 metros, na qual coisas horríveis já aconteceram. O local também é 'conhecido' por ser um ponto com alto índice de suicídios, devido à altura.

O ponto é tão conhecido por isto que existe inclusive uma equipe de cerca de treze pessoas que faz rondas na região 24 horas por dia, buscando ajudar aqueles que chegam lá e possam estar pensando nesta possibilidade. De acordo com uma matéria do The Telegraph, o 'Beachy Head Chaplaincy Team' salvou cerca de 370 pessoas do suicídio em 2013.

Mark Pybus, diretor do serviço, contou que a forma como eles abordam os possíveis suicidas. "Fazemos perguntas diretas que permitam que a pessoa responda como 'você está sentindo que irá pular?' ". Além disso, a equipe de anjos da costa também se apresenta, dizendo o porquê estão ali e como podem ajudar conversando e ouvindo os conflitos que as pessoas possam estar passando.

fonte: Yahoo!