terça-feira, 4 de agosto de 2015

Recibo da NASA revela custos da viagem à Lua


Buzz Aldrin, astronauta que participou na missão Apollo 11, publicou alguns documentos passados pela NASA, há 46 anos. O recibo afirma que o astronauta foi reembolsado em 30 euros pelos custos da viagem.

Buzz Aldrin, um dos astronautas que participou na missão Apollo 11, em 1969, partilhou no Twitter um documento da NASA, com os custos da viagem da Terra à Lua. O voucher passado pela Agência Federal norte-americana revela que foram reembolsados 30 euros. 

O recibo passado pela NASA indica que esta se tratou de uma “viagem de trabalho” entre Houston, Texas, nos EUA, e a Lua, realizada pelo trabalhador Colonel Edwin E. Aldrin, em julho de 1969. Apresenta também um “programa de despesas e quantias pedidas”. 

Para realizar a expedição foram precisos dois transportes. Segundo o documento, o astronauta terá ido de Houston até Cape Kennedy, onde se situa a central da NASA, em Orlando, nos EUA, de avião e de Cape Kennedy até à Lua numa “nave do governo”. 

#TBT My mission director @Buzzs_xtina's favorite piece of my memorabilia. My travel voucher to the moon. #Apollo11pic.twitter.com/c89UyOfvgY— Buzz Aldrin (@TheRealBuzz) 30 julho 2015

Buzz retornou à Terra numa “nave do governo”, que tinha como destino o “Oceano Pacífico”, onde os astronautas - também Neil Armstrong e Michael Collins - aterraram depois da sua missão. 

O voucher diz que houve também um reembolso no valor de 30 euros, mas não precisa onde o dinheiro foi gasto. Acredita-se que corresponda aos custos da gasolina gasta entre a casa do astronauta e os aeroportos. 

Apesar disto, o recibo assegura que “todas as refeições e o alojamento foram fornecidos pelo governo nas datas assinaladas”. 

Para além disto, o astronauta, de 85 anos, publicou outro documento redigido há mais de quatro décadas, que se assemelha a um recibo passado nas alfândegas dos aeroportos. 

Pode ler-se que o número do voo é “Apollo 11”, na “Partida: Sítio e País” está escrito apenas “Lua”. A carga trazida para a Terra foi listada como “rochas e poeiras lunares”. 

Yes the #Apollo11 crew also signed customs forms. We brought back moon rocks & moon dust samples. Moon disease TBD.pic.twitter.com/r9Sn57DeoW— Buzz Aldrin (@TheRealBuzz) 2 agosto 2015

fonte: TVI 24