quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Um elevador para subir até ao céu


Fotografia © THOTH TECHNOLOGY, INC.

A Thoth Technology Inc. anunciou em julho que conseguiu patentear uma estrutura de 20 km para levar os astronautas até aos céus.

Uma empresa canadiana patenteou um elevador capaz de levar turistas e astronautas até uma altitude de 20 km - mais de duas vezes a altitude do Evereste. A ideia do inventor é construir uma plataforma para chegar mais facilmente ao espaço e servir de base para as naves espaciais.

A Thoth Technology Inc. anunciou em julho que conseguiu patentear uma estrutura de 20 km para levar os astronautas até aos céus.

Vinte vezes mais alta do que qualquer estrutura atual, segundo a Thoth Technology, o elevador poderia ser usado para gerar energia, para comunicações e turismo. Seria uma opção mais económica de levar os astronautas até ao espaço, permitindo poupar 30% do combustível de um foguetão convencional, argumenta a empresa.

"Os astronautas subiriam 20 km através de um elevador elétrico. Do topo da torre, aviões espaciais poderão sair para órbita, voltando ao topo do torre para reabastecer", explica o inventor, Brendan Quine, num comunicado da empresa. O comunicado, no entanto, não fala na possibilidade de concretização.

Apesar de esta parecer uma ideia tirada da ficção científica e com pouca probabilidade de se concretizar, é já uma ideia com algum tempo: a primeira inspiração veio de Konstantin Tsiolkovsky, um cientista russo autodidata que, ainda no início do século passado, imaginou uma torre que chegasse ao céu.

Já no final do século, o mestre da ficção científica Arthur C. Clarke, um defensor da ideia, chegou a prever que o elevador seria construído "cerca de 10 anos depois de toda a gente parar de rir".

Para a Spaceward Foundation, no entanto, a tecnologia ainda não está suficientemente avançada para permitir a construção de um elevador espacial.