segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Boeing cria canhão de laser para abater drones


A arma é portátil, e demora menos de 15 segundos a abater um drone. Veja o vídeo.

A empresa de aeronáutica Boeing desenvolveu um canhão portátil de laser que serve para abater drones. A Boeing espera que o seu sistema possa vir a ser usado para eliminar drones em zonas sensíveis, como aeroportos ou espaços restritos ao exército.

O canhão foi apresentado pela Boeing na quarta-feira passada, em Albuquerque, no estado norte-americano do Novo México, e funciona com um laser de alta precisão, que concentra toda a sua energia num só ponto, de forma a aquecer e queimar a superfície a que for apontado. A arma demora apenas cerca de 15 segundos a aquecer o suficiente para gerar chama e abater o alvo.

O canhão, que é compacto o suficiente para ser facilmente transportado e montado, é controlado com um comando de Xbox 360, e um portátil preparado com software para a arma conseguir apontar. Segundo a Wired, o sistema pode controlar a pontaria automaticamente, de forma a destruir o drone que seja o alvo.


Existe um problema crescente com drones particulares nos Estados Unidos a sobrevoarem zonas restritas, como aeroportos. Este ano, um pequeno drone despenhou-se no jardim da Casa Branca e obrigou ao seu encerramento.