quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Adolescente dorme dez dias seguidos


A jovem é conhecida por "bela adormecida da vida real"

Jovem de 19 anos já perdeu um ano de vida em 35 episódios da doença.  

A australiana Georgia Green, de 19 anos, já é conhecida como a "Bela Adormecida da vida real". A adolescente sofre de Síndrome de Klein-Levin, uma doença rara que faz com que adormeça por longos períodos de tempo sem qualquer aviso. 

A doença de Georgia afeta uma pessoa em cada um milhão e por isso o diagnóstico é difícil. Esta jovem australiana precisou de fazer várias análises ao sangue, ressonâncias magnéticas ao cérebro e inúmeras experiências com cocktails de medicamentos para que os médicos compreendessem o que se passava com ela. 

Em cada surto da doença, Georgia chega a dormir dez dias seguidos, sofrendo depois de insónias por ter dormido demais. Estes episódios são inevitáveis e vêm associados a outros sintomas, como mudanças de humor e desejos extremos de comer fast food. 

 A jovem está desesperada porque pode adormecer quando menos espera: a trabalhar como assistente de vendas, a estudar na Flinders University, ou durante uma saída com os amigos. No total, Georgia já soma 35 episódios que lhe roubaram um ano de vida. A doença está a perder intensidade, por afetar maioritariamente adolescentes, mas, como não existe cura, só deverá desaparecer por volta dos 30 anos.