sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Dezenas de baleias mortas dão à costa no Alasca


Ursos alimentam-se da carcaça de uma das baleias que deu à costa. Fotografia © NOAA

Ainda não se sabem as causas do fenómeno, que já foi descrito como "um mistério ambiental horroroso".

Dezenas de baleias mortas têm dado à costa no Alasca sem que se saiba a causa das suas mortes. Só nos últimos quatro meses, mais de trinta baleias mortas de várias espécies foram encontradas na costa do estado norte-americano, relata a revista Wired.

A agência norte-americana dos oceanos e da atmosfera (NOAA na sigla inglesa) não conhece as causas do fenómeno. Na revista Wired, é descrito como "um mistério ambiental horroroso", mas o termo técnico usado pela NOAA é "evento de mortalidade invulgar".

Ao abrigo do termo, a agência vai investigar as possíveis causas da morte das dezenas de baleias nos últimos quatro meses. A investigação vai incluir parcerias com o estado do Alasca, com as autoridades federais dos Estados Unidos, e com as tribos locais do Alasca, para tentar perceber o que está a provocar o fenómeno.

Até agora, contam-se 11 baleias-comuns, 14 baleias-jubarte e uma baleia-cinzenta, de acordo com um comunicado da NOAA. "Embora ainda não conheçamos as causas que levam estas baleias a dar à costa, as nossas investigações vão dar-nos informação importante sobre a saúde das baleias e do ambiente em que vivem", lê-se no comunicado da NOAA, que cita Teri Rowles.