sábado, 8 de março de 2014

Javali invade Supremo Tribunal do Paquistão


Dois guardas foram feridos pelas investidas do javali, enquanto tentavam expulsar o invasor do complexo.

Os seguranças do Supremo Tribunal de Justiça do Paquistão foram surpreendidos esta sexta-feira por um javali que invadiu o local, fortemente guardado. Segundo relatos dos órgãos de comunicação paquistaneses, após cerca de meia hora de luta, o animal, assustado, foi finalmente expulso do local.

Este não é o primeiro confronto entre javalis e a justiça paquistanesa. Em 2010, três javalis, perturbados pelo trabalho dos jardineiros, invadiram o parque de estacionamento do Supremo Tribunal e Palácio do Planalto e feriram jornalistas que trabalhavam no local.

Muitos javalis habitam as áreas densamente florestadas ao redor de Islamabad. Javalis machos adultos, que têm presas afiadas, podem pesar até 220 quilos e atacam pessoas quando estão feridos ou se sentem ameaçados. 

Os javalis evitam áreas povoadas durante o dia, mas são uma visão comum na capital do Paquistão durante a noite. Após o pôr do sol vagueiam livremente em várias zonas de Islamabad, em busca de comida.

Os javalis são considerados uma das principais causas de acidentes de trânsito em Islamabad durante a noite.