segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

DARPA quer reutilizar satélites em 2015

Phoenix-artists-concept-still-shot-1-640x359.jpg

A agência norte-americana está a preparar um programa para reciclar e reutilizar satélites ou peças que já tenham sido descartados. O Phoenix deve dar frutos em 2015.

O programa Phoenix é um «esforço modesto para aumentar o return on investment do Departamento de Defesa», explicou a DARPA. Em 2015, a agência espera demonstrar o serviço robótico que tem como objetivos reciclar e reutilizar peças de satélites que já tenham sido “arrumados”. O objetivo passa por reaproveitar algumas peças em novos satélites, minimizando assim o custo destas expedições. O programa Phoenix vai poder também recuperar peças de missões que não tenham sido bem sucedidas, noticia o Ars Technica.

As antenas e os painéis, por exemplo, são peças quase universais e que podem ser usadas mais do que uma vez e em diferentes tipos de satélite.

O programa Phoenix prevê um lançamento inicial da plataforma robótica que vai reciclar as peças e vários pequenos lançamentos, à boleia de outras expedições, de satélites para a recolha e separação de peças. A reciclagem tem de ter a autorização expressa do dono do satélite e o programa foi concebido para produzir o mínimo lixo espacial possível.

A DARPA já identificou mais de 140 satélites que estão desativados, mas que ainda permanecem no espaço e que podem ter a antena em boas condições de reciclagem. A agência conta com um investimento de 180 milhões de dólares em quatro anos.


Sem comentários:

Publicar um comentário