sábado, 1 de julho de 2017

OVNIS VS DRONES EM PORTUGAL EIS A QUESTÃO


Nestas últimas semanas a imprensa nacional, tem realizado um reportório enorme sobre a observação de drones próximos a aeronaves em Lisboa.

Numa breve consulta constatamos que a velocidade máxima de um drone está nos 137 kh.
Logo uma aeronave não terá sustentação de voo a essa velocidade.
Uma aeronave de longo e médio curso em aproximação de uma pista, terá uma velocidade aproximada nos 300 a 400 kh!

Numa das notícias o piloto menciona que o aparelho teria um metro aproximadamente quando seguia ao lado da aeronave a 900 metros de altitude.
Um super drone?
Não descartamos a possibilidade de serem efetivamente drones os responsáveis por estes incidentes.

O UFO Portugal Network tem vindo a receber variados relatos de observação um pouco por todo o país.

Seriam os drones responsáveis por todas essas observações?
Em 1976 decorria também em Lisboa um encontro anómalo, seria também um drone o responsável?


"No que tange a observações de OVNIS, a madrugada do dia 19 de Setembro de 1976, foi bastante agitada em toda a orla mediterrânica, nomeadamente na Península Ibérica e, mais especificamente, em Portugal.

Algumas das testemunhas dos acontecimentos daquela madrugada foram os elementos que constituíam a tripulação de um BOING 707 dos Transportes Aéreos Portugueses - TAP, comandada por Eloy João Weigert, de 52 anos e 23.000 horas de voo, sobre Lisboa, e que iniciava o voo TP241 transportando 110 passageiros, além dos tripulantes.

Assim, e após a Torre de Controlo do aeroporto de Lisboa ter autorizado a descolagem do avião para efectuar aquele voo, este iniciou uma ascensão normal, a uma velocidade de 235 nós até atingir 3.000 pés QNH, aumentando, depois, para 300 nós até atingir os 4.000 pés. Nesse momento 2 : 10 H minutos da madrugada, não havia qualquer outro tráfego aéreo na zona.

A 4.000 pés de altitude, tendo já transcorrido 6 minutos após a descolagem, o co-piloto, José Pinto, de 32 anos e 3.000 horas de voo, viu algo que pensou tratar-se de um avião com os faróis acessos em rota de colisão; gritando para a Torre "vem um avião contra nós", inicia uma volta apertada para a direita, sobre a vertical da margem do rio Tejo, aproximadamente por cima do Montijo, afastando-se do objecto.

Entretanto, os controladores do aeroporto de Lisboa observavam o OVNI com binóculos enquanto constatavam que a "tela" do radar nada de anormal assinalava.

O objecto passou bruscamente pela frente do BOEING 707; os tripulantes tiveram a sensação de que este esteve como que parado em frente do avião cerca de dois ou três segundos, no qual eram visíveis luzes brancas bem definidas.

Após ter cruzado a rota do avião, da direita para a esquerda, a uma distância entre os 200 e 250 metros deste, constatou-se que "o lado oposto" do fenómeno, que se dirigia no sentido de Sul para Norte, era escuro, emitindo das extremidades luzes intermitentes do tipo"sparking light" ou do tipo "flash" .

Da base do Montijo houve a confirmação que não havia aeronaves militares no ar e que o objecto não era detectado no radar.

Posteriormente verificou-se que a"caixa negra"do BOEING confirmou todos os dados mencionados pela tripulação, nomeadamente a conversação entre os tripulantes na cabine, bem como os dados técnicos do voo".

Objeto anómalo registado em lisboa Abril de 2017

Se observar um drone ou alguém a manusear este tipo de equipamento num corredor aéreo, efectue uma fotografia e contacte imediatamente as autoridades ou envie a foto para o UFO Portugal Network.

Muito se fala dos drones, mas até ao momento não houve uma única pessoa a confirmar a observação visual destes respetivos drones quando mencionados nas datas avançadas pela imprensa.

Contudo não significa nem estamos afirmar serem objetos voadores não identificados 'OVNI'!
Estamos apurar a realidade dos factos com rigor a fim de apuramos a verdade separadamente da imprensa.

Como foi referido a uma estação de TV via email, o UFO Portugal está a trabalhar no assunto, mas não tem de momento uma opinião formulada sem a obtenção de provas palpáveis.

Para os utilizadores de drones recomendamos entrar na seguinte página - www.voanaboa.pt

E-mail: ufo_portugal@sapo.pt